Como resolver problemas de frete no WooCommerce

Se você está entrando no mundo do e-commerce e escolheu o WooCommerce para ser sua plataforma, provavelmente já passou ou está passando pelo famigerado problema “Nenhuma opção de entrega foi encontrada”. Se é o seu caso, não se preocupe, pois isso é fácil de resolver.

Desative qualquer cache

Se essa palavra ainda é estranha para você, aqui vai uma explicação simplificada: cache é como um “print” de qualquer página de um site; toda vez que voltar àquela página, o seu navegador apresentará aquela mesma “imagem” do site, até que a página mude, e um “print” novo seja feito. 

No caso da calculadora de frete, o que é guardado em cache é a cotação; sempre que você digitar o mesmo CEP tendo os mesmos produtos no carrinho, em vez de o sistema refazer a cotação, ele tira um “print” da primeira cotação que você fez e a reapresenta, para evitar que processos duplicados e pesados (como cotar fretes) sejam feitos várias e várias vezes. 

Para desativar o cache da calculadora de frete, vá até a aba “Entrega” nas configurações do WooCommerce e abra a seção “Opções de entrega”. Lá, você encontrará a opção “Modo de depuração”. Deixe-a marcada até que você sinta que o problema já foi resolvido.

Observação: você notará uma mensagem no carrinho dizendo “Zona de entrega correspondida pelo cliente… ”. Essa mensagem só é exibida para usuários administradores e seus clientes não a verão.

Áreas de entrega

Um dos principais causadores de problemas com cálculo de frete é uma configuração incorreta das áreas de frete.

Caso você necessite entregar em diferentes regiões com tipos de frete ou valores diferentes, deve se atentar ao seguinte fato:

Áreas mais abrangentes devem ficar mais abaixo das zonas mais específicas

Digamos que sua loja faça entregas grátis para o seu estado, porém cobre uma taxa para o resto do Brasil. Como ficaria a ordenação?

Brasil é mais abrangente que Mato Grosso, no exemplo

Como o estado está dentro do Brasil, isso quer dizer que é o mais específico, ficando as áreas de entrega listadas assim:

Configuração dos métodos de entrega

Alguns métodos de entrega têm uma configuração simples, como o Frete grátis, que é só escolher na lista e pronto. No entanto, há os mais rebuscados, como o dos Correios. Nesse caso, além de configurar o próprio método, você deve prestar atenção também às dimensões e, principalmente, ao peso dos produtos. Caso você ache que tenha configurado tudo corretamente e ainda esteja recebendo a mensagem de erro, pode usar a depuração (também chamada debug ou debugging) do próprio plug-in, caso haja.

A exemplo do plug-in do Cláudio Sanches para Correios, você deverá ativar no próprio método de envio:

Use o link “Ver logs” para abrir a página onde estão registradas as interações do plug-in com o webservice dos Correios:

Log do PAC dos Correios onde o produto ultrapassa o limite de peso do método

Procure pelo arquivo (1) de acordo com o nome dado pelo plugin de frete. No caso dos Correios, o nome do arquivo começa com “correios-”, nesse caso, “correios-pac”. Note o peso dado ao produto (2): 211 kg. Isso geralmente acontece quando há confusão entre quilos e gramas. Ao abrir o arquivo, faça uma busca pela página usando CTRL+F (CMD+F no Mac) pelo termo “erro” até achar o causador do problema.

Outros plugins também usam logs para registrar eventuais problemas, como o nosso Frete Melhor Envio para Marketplaces:

Avançado: servidor do cálculo de frete fora do ar

Esse erro demanda um pouco mais de trabalho para detectar mas a sua resolução não dependerá de você.

Caso você tenha tentado todos os passos acima e não ter tido sucesso em resolver o problema, pode usar o plugin Query Monitor para verificar se o plugin de frete está se comunicando corretamente com o webservice de cotação de frete:

Nesse exemplo, foi forçado um erro em que o site não conseguia se comunicar com o webservice do Melhor Envio.

Resumindo

Os passos para resolver problemas relacionados ao frete no WooCommerce são basicamente:

  • Desativar o cache do cálculo de frete;
  • Verificar a ordem das áreas de entrega;
  • Configurar e depurar os métodos de entrega;
  • Verificar se o seu site está conseguindo se comunicar com o serviço de cotação de frete.

Informações adicionais – os testes demonstrados aqui foram feitos em 22 de novembro de 2021, usando as seguintes versões:

  • WordPress: 5.8.2
  • WooCommerce: 5.9.0
  • Art-i Marketplace/Melhor Envio: 1.5.0